segunda-feira, 8 de agosto de 2011

O fim da SATA Handling

Desde 1954 sempre fiel à sua mãe, VARIG, a SATA (Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo) nos deixou neste ano de 2011. No dia 27 de Abril de 2011 a SATA Handling enfrentou a 4° Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e como ela tinha o valor de seu patrimônio MENOR que sua dívida de R$433,8 milhões, ela não passou daquele dia.
A SATA sempre esteve ao lado da VARIG em TODOS OS POUSOS E DECOLAGENS dentro da America Latina (a partir de 1954). Levou todas as garrafas de Champagne da cozinha do aeroporto para os Caravelle, Electra, 707, DC-10, MD-11, 747, 777 e muitos outras aeronaves da grande Pioneira. Em todos os pousos e decolagens a SATA realizava um exelênte serviço. Além de carregar a bagagem, os passageiros e as refeições (coisa que não existe mais hoje) para a aeronave a SATA também realizava um minulcioso processo de limpesa EM TODOS OS VOOS domesticos da VARIG (a partir de 1954 é claro).
Toda vez que você sentava em uma poltrona azul limpa à espera de sua refeição, podia ter certeza que toda aquela organização não poderia estar ali sem a SATA. Sem a SATA muitas outras empresas aéreas também não poderiam operar com sucesso, pois a Pioneira não era cliente exclusivo.
Ela era enorme. Merece respeito por todos os seus 57 anos de trabalho duro em auxílio à sua mãe... VARIG.
Tudo se levou como um dominó... Em 2000 havia um enorme império chamado Família Varig. Composto pela Rio Sul, Nordeste, VARIG, Cruzeiro, VEM, VarigLog, Pluna, Smiles, Amadeus, SATA, e-ponte, Tropical Hotel & Resorts, Rotatur, etc. Eu poderia ficar escrevendo todas as empresas que compunha o grande império VARIG, mas o que realmente quero falar é que devido ao assassinato da Pioneira VARIG, todas as suas "filhas" passaram de mau a pior.
-Rio Sul - fundida com o nome VARIG e criado a VRG Linhas Aéreas.
-Nordeste - velha VARIG transferida para a Nordeste e fundada nova cia aérea. Flex. Hoje está em processo de falência, ou seja esta vendendo tudo que pode para obter caixa.
-Cruzeiro - devido à crise do petróleo, que causaram sobre a VARIG, a segunda empresa aérea brasileira foi fundida à velha VARIG.
-VEM - comprada pela TAP Linhas Aéreas e renomeada TAP M.E. Hoje com o processo de privatização da empresa, ninguem sabe qual será o paradeiro da TAP M.E (VEM).
-Variglog - foi vendida para a VOLO onde uma péssima administração quase levou a cargueira à falência em 2010. Hoje se recupera com um enorme rombo financeiro.
-Pluna - se tornou independente e hoje está firme.
-Smiles - agora pertence a GOL e não é mais tão exelênte quanto antes.
-Amadeus - juntanto os ultimos cacos da companhia para uma possível recuperação tão sonhada por seus funcionários.
-SATA - nos deixou recentemente.
-e-Ponte - devido á crise, a empresa foi extinta.
-Tropical Hotel & Resorts - se tornou independente mas mesmo assim ainda enfrenta sérios problemas financeiros e das 5 sedes no Brasil todo, já vendeu 2 e metade da sede Manaus.
-Rotatur - vendida para a VRG Linhas Aéreas onde ganhou o nome de Varig Charter. Apenas alguns meses depois do batizo do novo nome, todos os escritórios foram desativados.
O imperio VARIG se perdeu e do jeito que vai, dentro de 10 anos eu ouvirei de uma jovem criança: "Breno, existiu uma empresa chamada VARIG? Nem sabia!"... tudo isso graças à administração de algumas pessoas infelizes nas empresas.

5 comentários:

  1. QUE PENA; durou muito mais não me pagou. orgulho de ser brasileiro e trabalhar muitos anos na empresa mas receber dela.dever de pagar o que deve todos fucionarios. issso e ser brazuca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa amigo! É realmente muito triste o que aconteceu com toda a nossa crise! Tenho amigos e familiares que não receberam o que lhes é devido até hoje! Meu avô por exemplo ainda esta esperando esperançosamente o que ficará decidido pelo caso AERUS. Infelizmente as historias são mais do que tristes! Boa Sorte em sua luta, e grande abraço!

      Excluir
  2. Enviei este email para os dois sindicatos> SIMARL E SNA

    Quero ver a atitude do sindicato correlação a indenização que a Varig irá receber da União. A Sata é uma das maiores credoras da Varig, ou seja, A Varig deve milhões a Sata. Quero ver a atitude de vocês perante ao sindico da massa falida da Sata, ja que é ele que vai cobrar os valores devidos ao outro sindico da massa falida, esta ... da Varig.

    ResponderExcluir
  3. espero que este governo não esqueça que nos ex- funcionarios Sata recebam os nossos direitos trabalhista uma vez que a massa falida recebeu o seu debito que o Sr. juiz olhe pela gente

    ResponderExcluir
  4. espero que este governo não esqueça que nos ex- funcionarios Sata recebam os nossos direitos trabalhista uma vez que a massa falida recebeu o seu debito que o Sr. juiz olhe pela gente

    ResponderExcluir