quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Mais uma se vai...

No dia 27 de setembro, o juiz da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, Dr. Daniel Carnio Costa, decretou a falência da companhia cargueira VarigLog, que estava sem voar desde o início desse ano.

A sentença foi dada no dia 27 de setembro e a informação só foi divulgada nessa terça-feira (09), mas ainda não houve a publicação deste despacho. Além disso, o juiz também manteve o Dr. Alfredo Kugelmas como síndico da massa falida da companhia.

Daniel afirmou que a VarigLog demonstrou-se incapaz de cumprir com as obrigações assumidas no plano (de recuperação judicial), após o resultado negativo dos dois leilões realizados para viabilizar a sua continuidade.

A sentença afirma o seguinte: “melhor que se decrete a falência da empresa devedora (…) a fim de se evitar maior prejuízo social decorrente do arrastamento do processo de recuperação de uma empresa evidentemente inviável e, atualmente, sem funcionamento efetivo”.

Para quem não se lembra, a VarigLog foi o braço cargueiro da antiga Varig, e, após a venda da primeira em um conturbado processo, a ex-subsidiária comprou a parte boa da Varig, revendendo-a para a Gol no ano seguinte. A cargueira chegou a operar, no seu auge, com aeronaves McDonnell Douglas MD-11F e DC-10F, além de aeronaves Boeing 727-200F e 757-200F.

A empresa estava se recuperando da grave crise em que se encontrava, e estava operando com uma aeronave Boeing 757-200F, dois 737-400F e um 727-200F. Com exceção do último, todas as aeronaves foram devolvidas aos arrendadores.

A sentença foi divulgada no site do Sindicato dos Aeronautas, e está disponível aqui para consulta.

Fonte: Canal Piloto

Nenhum comentário:

Postar um comentário