quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Palavra do Presidente da APRUS!

          Mais um dos comunicados do presidente da APRUS, vamos torcer para serem boas notícias

          "A calmaria do mês de janeiro findou hoje, dia 31 de janeiro, e a continuidade de ações que podem vir a prejudicar os planos I e II da VARIG forçam a APRUS a tomar providências visando sustar o movimento de saída da VEM, que caso aconteça levará parte de nossos recursos, ou seja, aprox. R$50 milhões de reais. Lembrando que tal valor daria um sustento redor de mais um ano de antecipações de rateio.
A APRUS, ontem, promoveu junto ao Ministério Publico Federal uma denuncia formal quanto à situação existente, na qual a PREVIC ignora a lei complementar 109 (que deveria fiscalizar) ao não entregar os documentos que a fizeram “julgar” que os relatórios referentes ao processo da VEM não mereciam crédito. Estes relatórios foram elaborados por uma Comissão de Inquérito legalmente constituída e nomeada pela própria SPC, atual PREVIC, e um relatório de empresa de auditoria de renome, a CONSULTORYS, contratada pelo AERUS para validar o relatório da referida comissão.
A APRUS estará participando de uma liminar juntamente com as Associações AMVVAR e APVAR, que visa inicialmente solicitar que seja sustada a saída da Vem com recursos que entende serem de propriedade dos planos I e II da VARIG.
Para a informação de todos a APRUS havia informado aos órgãos públicos o que iria fazer caso o processo de saída da VEM continuasse em andamento, e volta a escrever que nada tem contra a saída da VEM, apenas que isto venha a ocorrer com o que realmente lhe pertence e desde já informa, de forma clara, que em nada isto poderá vir a prejudicar qualquer acordo que por ventura esteja em andamento. O motivo de tal comentário é para evitarmos falácias que já ocorreram no passado tais como “os pagamentos vão parar”.
Agradecerá o silêncio de determinadas áreas que buscando apenas seu próprio favorecimento ignoram tais valores em detrimento de aposentados que lutam pela sua sobrevivência.
A APRUS continua com seus trabalhos junto ao governo, acompanhando os passos que vêm sendo dados, embora de forma lenta, em todas as esferas, e não divulgará senão aquilo que seriamente poderá vir a ser confirmado, sabendo da angústia e nervosismo de muitos que buscam em “notícias” algo a que se agarrar.
Nossas ações junto aos planos de saúde continuam a serem tratadas buscando acabar com o que hoje ocorre, e cedo teremos uma solução.
Continuo com a mesma FÉ e isto transmito a todos vocês! FÉ!
Thomaz Raposo
Diretor Presidente
"

Nenhum comentário:

Postar um comentário